Zanetti Materiais de Construção


Tipos de Cimento

CP-I – Cimento Portland Comum

É um Cimento puro, sem nenhuma modificação. Pode ser utilizado em serviços de construção onde não são exigidas propriedades especiais do Cimento.

CP-II – Cimento Portland Composto

É um Cimento modificado que pode ser aplicado em todas as fases da construção. Pode ser encontrado com três diferentes subtipos: o CP-II – Z, o CP-II – E e o CP-II – F. O tipo II-Z tem pozolanas (cinzas de usina térmica, cinzas de carvão e outras cinzas).É muito indicado, por exemplo, para fazer fossa séptica, porque o concreto dele é mais resistente a ácidos. O Cimento II-E tem escória de alto-forno (é o resíduo da produção de ferro nas siderúrgicas) e serve para pisos, lajes e pilares. O II-F tem materiais carbonos (sobras de produtos queimados) e serve para fazer pisos e até tijolos de solo-Cimento. Essas adições que estão no Cimento e a gente não vê são muito boas,porque ajudam a melhorar o concreto.Além disso,em vez de jogar isso na natureza,eles viram excelente matéria-prima.

CP-III – Cimento Portland de Alto-Forno

É menos poroso e mais durável, portanto resiste melhor em ambientes agressivos. O concreto feito com esse Cimento pode ficar exposto a esgoto e a chuva ácida. Usado nas fundações, peças de grandes dimensões e construções de barragens, por exemplo. Porém, evite usá-lo quando precisar tirar a fôrma logo. Pode não ficar com a resistência necessária. Ele pode não oferecer a resistência inicial necessária e ainda como em calda de injeção, pois ele corrói o aço. Também deve ser evitado para fazer chapisco em dias de insolação e vento pois ele não adere aos blocos cerâmicos, por exemplo. Em argamassas colantes, esse tipo pode proporcionar manchas no azulejo.

CP-IV – Cimento Portland Pozolânico

Tem cinza de carvão ou argila queimada e é um Cimento pouco poroso. Seu uso é muito mais vantajoso em obras que ficarão expostas à ação de água corrente e em ambientes agressivos. A cura mais lenta o torna adequado a grandes volumes de concreto. Em dias muito frios, ele demora a endurecer.

CP-V-ARI – Cimento Portland de Alta Resistência Inicial

Indicado no preparo de concreto e argamassa e em todas as aplicações que necessitem de resistência inicial elevada e desenforma rápida. Como endurece rápido, pode trincar se a concretagem for feita sob insolação, em dias muitos secos ou com ventos. Evite usá-lo em aplicações corriqueiras, como em revestimento de argamassa ou em concreto-massa pois nesses casos pode trincar e fissurar. Em ambientes agressivos, geralmente esse tipo não é resistente a sulfatos.

RS – Cimento Portland Resistente a Sulfatos

Como o próprio nome diz, são resistentes aos meios agressivos sulfatados, tais como os encontrados nas redes de esgotos domésticos ou industriais, na água do mar e em alguns tipos de solos.

BC – Cimento Portland de Baixo Calor de Hidratação

Designado por siglas e classes de seu tipo, acrescidas de BC. Como por exemplo: CP-III-32 (BC) é o Cimento Portland de Alto-Forno com baixo calor de hidratação. Evita o apareCimento de fissuras de origem térmica. Indicado para uso em concreto-massa, como barragens e grandes pilares.

CPB – Cimento Portland Branco

Há dois subtipos: estrutural, quando se quer ressaltar a arquitetura, porque ele não fica cinza e o não estrutural, que a gente usa para rejuntar azulejos. Jamais use em concreto estrutural, pois esse tipo não possui resistência adequada para esse fim.

Fonte: http://www.construcaoereforma.com.br/artigos/construir.php?id=26

Mais dicas
Tipos de Cimento